SEO para pequenas empresas: como melhorar sua classificação no Google sem um mega orçamento

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
SEO

Você sabe como utilizar o SEO na sua estratégia de marketing digital?

Mais do que nunca as pessoas estão recorrendo ao Google, e outros mecanismos de busca para encontrar informações e comprar produtos. Mas e se você for uma pequena empresa com dificuldades para aparecer nos resultados de pesquisa?

Muitas pequenas empresas acreditam que, por não terem mega orçamentos de marketing, é improvável que apareçam na primeira página do Google (crucial para gerar visibilidade, tráfego e conversões), no entanto, certamente é um pensamento equivocado.

O SEO para pequenas empresas se preocupa em ajudar as PMEs a aumentar sua visibilidade de busca orgânica. Há uma série de dicas práticas ​​que você pode seguir para garantir que seu site seja otimizado.

O que é SEO?

Otimização de mecanismos de pesquisa (SEO) refere-se à prática de obter maior visibilidade para seu site na página de resultados de pesquisas orgânicas, ou seja, não nos anúncios pagos que aparecem no topo da página.

Incluindo elementos tanto de uma perspectiva técnica quanto de uma perspectiva de conteúdo, as melhorias de SEO visam aumentar a conscientização e o tráfego do site, melhorar as classificações e, por fim, gerar mais consultas, vendas ou conversões.

O Google usa MUITOS métodos para decidir quais páginas merecem as primeiras posições em suas páginas de resultados do mecanismo de pesquisa (SERPs) e está constantemente alterando e atualizando seus algoritmos para melhorar a experiência do usuário, mantendo os especialistas em SEO em alerta.

O Google baseia sua classificação principalmente em dois princípios básicos – relevância e autoridade. Os mecanismos de pesquisa avaliam a relevância com base no conteúdo da página, bem como na qualidade e quantidade de links que apontam para essa página.

Embora o Google tenha dito que não tem uma medida específica de quão confiável é um site, se ele contiver conteúdo de baixa qualidade e nenhum link externo de fontes confiáveis, é provável que não tenha um bom desempenho nos resultados de pesquisa.

Hoje em dia a melhor maneira de obter uma classificação mais elevada envolve uma combinação de SEO técnico, construção de links de qualidade e SEO na página para fornecer o conteúdo mais informativo e útil.

Então, o que sua empresa pode fazer em relação ao SEO para ajudá-lo a comercializar seu site no Google de forma orgânica?

Estrutura do site

Boas notícias se você estiver lendo isso antes de começar a desenvolver o site da sua empresa – levar o SEO em consideração ao criar o seu site permitirá que você o estruture de uma maneira que seja amigável para os usuários e os rastreadores dos mecanismos de pesquisa.

É importante que seu site siga uma estrutura lógica; por exemplo, um site de comércio eletrônico deve ter uma página inicial seguida por uma variedade de páginas de categorias, com subcategorias e, por fim, páginas de produtos. Se a sua estrutura for difícil de seguir da perspectiva do usuário, é provável que o Google e outros mecanismos de pesquisa também tenham problemas para entendê-la.

Mesmo que o seu site já esteja em funcionamento há vários anos, vale revisá-lo e ver se é possível fazer alterações para simplificar sua estrutura.

Melhore a UX e a velocidade

Já se foi o tempo em que simplesmente encher uma página com palavras-chave ajudava você a se classificar melhor para essa palavra-chave – agora isso é considerado spam, pois não oferece ao usuário informações relevantes para a consulta.

O foco principal do Google agora é produzir os resultados com a melhor experiência para os usuários, tanto em termos de conteúdo da página quanto de como os usuários interagem com ela.

UX e SEO para pequenas empresas estão agora inextricavelmente ligados. Se um usuário achar que navegar pelas suas páginas é um processo difícil, é provável que eles saiam rapidamente. Os mecanismos de pesquisa estão mais rápidos do que nunca para identificar essas páginas e classificá-las de acordo.

Hoje em dia é muito fácil retornar a uma página de resultados de pesquisa e escolher uma alternativa se sua escolha original demorar muito. Usando uma ferramenta como o Google PageSpeed ​​Insights, você pode diagnosticar quaisquer problemas que afetam a velocidade da página rapidamente – conserte-os o mais rápido possível e forneça aos usuários a melhor experiência possível.

Palavra-Chave

Um dos principais aspectos do SEO para pequenas empresas é entender o que seus usuários e/ou clientes em potencial estão procurando no Google, bem como a intenção por trás dessas pesquisas.

A pesquisa de palavras-chave forma os blocos de construção nos quais todas as boas estratégias de SEO são baseadas. Ele pode fornecer orientação sobre como otimizar seu conteúdo, dar ideias para a criação de novos conteúdos e até mesmo fornecer uma ideia de como estruturar todo o seu site!

Existem várias ferramentas das quais você pode se beneficiar (muitas gratuitas!) que podem ajudar na pesquisa de palavras-chave, fornecendo dados valiosos sobre a média mensal de pesquisas de palavras-chave e a dificuldade de classificação.

Quando se trata de SEO para pequenas empresas, você realmente precisa ser inteligente ao escolher quais palavras-chave deseja otimizar.

As palavras-chave que você selecionará devem depender de quais são seus objetivos – você deseja atrair pessoas ao seu site para fazer uma compra? Ou deseja fornecer-lhes informações para que possam dirigir-se à sua loja física? Personalize sua pesquisa de palavras-chave em torno desses objetivos para criar uma estratégia sólida de SEO.

Conteúdo

A premissa básica é esta – fornecer conteúdo excelente, útil e preciso aos usuários. Ter um ótimo conteúdo em seu site é definitivamente um dos maiores fatores de classificação que o Google leva em consideração.

Quando alguém realiza uma pesquisa no Google, eles querem algo. Quer seja uma resposta simples à sua pergunta, um produto para comprar ou para saber como estará o tempo amanhã, eles recebem um conteúdo que tenta atender a essa pergunta. Portanto, se você tem conteúdo limitado em seu site ou conteúdo que não atende às necessidades dos pesquisadores do Google, é hora de reavaliar.

O conteúdo pode vir de várias formas. Tradicionalmente, pensamos em blogs e estudos de caso quando se trata de conteúdo, mas o conteúdo também assume a forma de páginas de produtos, vídeos, infográficos e muitos formatos.

Consulte os objetivos do seu site e da sua empresa e quais tipos de público você está almejando. Que conteúdo será útil para eles? Pesquise o que está classificado na primeira página do Google para sua consulta de destino e descubra por que o Google decidiu classificar essas páginas acima de tudo.

De modo geral, conteúdos mais longos (1.000 palavras ou mais) são considerado de alto valor e fornece muitas informações úteis para os usuários, mas isso basicamente se resume à qualidade e à probabilidade de sua página satisfazer a pesquisa do usuário.

Link Building

Uma parte importante de como o Google classifica as páginas da web é determinar a autoridade do site em relação a um determinado tópico. Ele faz isso examinando a qualidade e a quantidade de links que apontam para o site em outras páginas da web.

Este é um aspecto em que as pequenas empresas têm uma desvantagem distinta em comparação com rivais maiores. Empresas maiores e talvez mais bem estabelecidas provavelmente terão mais backlinks e maior autoridade de domínio. No entanto, depois de criar um ótimo conteúdo em seu site, é hora de começar a informar as pessoas sobre ele.

Não importa em que setor ou indústria você atue, existem vários blogs que ficarão felizes em aceitar conteúdo de visitantes e, em troca, vincularão de volta ao seu site, contanto que o conteúdo que você forneça seja de alta qualidade e corresponda às necessidades de seu público. Descubra onde estão esses recursos e entre em contato para ver se você pode colaborar com eles.

Usar a mídia social para compartilhar seu conteúdo é outra maneira de ganhar mais exposição e, potencialmente, mais links para seu site.

SEO local e Google Meu Negócio

Se a sua pequena empresa se concentra principalmente na área geográfica em que está baseada, o uso de uma série de táticas de SEO locais pode ser uma forma útil de ganhar mais visibilidade no Google SERPs.

A chave para qualquer estratégia local é reivindicar sua conta do Google Meu Negócio, que é onde você fornece informações ao Google sobre sua empresa para que apareçam no chamado “Painel de conhecimento” no SERP.

Reivindicar sua conta do Google Meu Negócio ajudará seu site a ter mais probabilidade de aparecer nesses resultados e fornecerá aos usuários mais informações quando chegarem em um SERP.

Configurar sua conta do Google Meu Negócio é fundamental para o SEO de pequenas empresas, especialmente se você depende de visitas à loja para sua empresa. Configurar isso não é difícil, embora o Google possa solicitar a verificação da localização da sua empresa.

Depois de ter acesso à conta, você pode inserir uma série de informações que ajudam o Google e os usuários a entender melhor sua empresa. Isso inclui sua localização, horário de funcionamento, detalhes de contato, fotos e muito mais.

Além de configurar e otimizar sua conta do Google Meu Negócio, você também pode localizar seu site para que possa segmentar naturalmente palavras-chave com intenção local.

Um estudo recente descobriu que  76% das pessoas que procuram uma empresa próxima por meio de seu smartphone acabam visitando uma dessas empresas no dia seguinte, enquanto 28% dessas pesquisas terminam com uma compra.

Ao conduzir um período de pesquisa de palavras-chave com foco em palavras-chave que contenham referência à cidade local, município ou região que você está inserido, você pode otimizar os termos com maior probabilidade de serem pesquisados ​​por seu público-alvo.

Use e abuse das ferramentas gratuitas

Felizmente, existem muitas ferramentas por aí que podem ser utilizadas para ajudar o SEO de sua empresa – muitas das quais não custam um centavo. Entre as melhores ferramentas disponíveis estão as que vêm diretamente do próprio Google por meio do G Suite.

Você pode configurar uma conta do Google Analytics e do Google Search Console para seu domínio, o que fornecerá uma grande quantidade de dados relacionados ao tráfego que chega ao seu site e ao desempenho do seu site nos resultados de pesquisa do Google.

Existem várias ferramentas gratuitas de pesquisa de palavras-chave que você pode usar para descobrir volumes de pesquisa, analisar SERPs e fornecer ideias para criação e otimização de conteúdo. Por exemplo,  Answer The Public é um recurso fantástico que fornece ideias de conteúdo de palavras-chave, segmentadas em perguntas, comparações e outras variações.

Algumas ferramentas como o Siteliner rastreia seu site em busca de conteúdo duplicado, links quebrados e outros problemas que afetam a visibilidade e o SEO técnico.

Dependendo do tipo de CMS que você tem para seu site, existem extensões gratuitas que você pode instalar que podem ajudar a apontar erros e permitir que você faça alterações facilmente nos principais fatores que afetarão seu SEO. Por exemplo, se você usa o WordPress, Yoast SEO oferece um plugin gratuito para ajudar com isso.

A questão é que você não precisa ter um grande orçamento todos os meses para gastar em ferramentas de SEO, quando existem muitas alternativas gratuitas que serão adequadas às suas necessidades.

Conclusão

Como uma pequena empresa, competir com empresas maiores com orçamentos maiores é altamente viável. Até mesmo gastar algumas horas por mês otimizando seu site pode render grandes recompensas, especialmente quando outras empresas de tamanho e escala semelhantes nem estão pensando em SEO ainda.

Algumas das dicas incluídas acima podem parecer pequenas, mas combinadas ajudarão o site da sua empresa a ser mais amigável para os mecanismos de pesquisa e com maior probabilidade de aparecer em posições mais altas para as palavras-chave que você está almejando.

Este artigo foi originalmente publicado por Agência Novo Foco, para acessar clique aqui!

Gostou do conteúdo? Comente abaixo para eu saber sua opinião!

Talvez Você Goste Também Dessas Matérias...

Murilo Parrillo

DIRETOR DA AGÊNCIA NOVO FOCO, GOOGLE E FACEBOOK PARTNER, FUNDADOR DO PORTAL MARKETING DIGITAL BRASIL

Siga Minha Fanpage

Aprenda a Criar uma Campanha no Google do Zero Passo a Passo 👇🏻

Conheça Meus Cursos de Marketing Digital

Cadastre-se Para Receber Notificações Sobre os Novos Posts

MURILO PARRILLO RODRIGUES ME | CNPJ: 23.191.829/0001-14 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020